55 11 4112-3389 Fale Conosco
Rua Sergipe, 441 - cj. 132
Higienópolis - São Paulo - SP
CEP 01243-001
Quem Somos Pós-Graduação Cursos Contato
Blog da Susan
Área do Aluno

Neuroeducação by Susan Zimog Leibig

Neuroeducação: Em busca da genialidade pessoal

Introdução

Este estudo sobre a genialidade humana é resultado teórico/prático de pesquisas sobre a tríade - Consciência, Mente e Cérebro - e tem como foco de trabalho a malha de informações do sistema mental. Baseado no conceito do mapa holográfico cerebral permite possibilitar as matrizes lógicas do sistema mental ao seu potencial máximo de inteligência.

A Neuroeducação foi desenvolvida pensando em tornar o ato de - estudar, freqüentar a escola, ler livros, prestar atenção nas aulas, pensar, aprender coisas novas – em algo muito interessante, fácil, prazeroso e ao alcance de todos.

Muitas pessoas vêm sendo trabalhadas com a Neuroeducação, tanto para superar incapacidades de aprendizagem como para expandir conhecimentos específicos. Entre tantas outras necessidades, foram atendidas dificuldades para aprender línguas estrangeiras, tocar instrumentos musicais, memorizar muitas informações ao mesmo tempo, concentrar para prestar atenção em uma aula, estudar ou ler, aprender matérias de conteúdo complexo e que exigem aplicação como matemática, física, química etc., além da preguiça em todas as suas modalidades e a falta de motivação.

Esta neurotecnologia foi aplicada, experimentalmente, durante o ano de 2004, nos alunos de uma escola em São Paulo - SP. Das 5 a. à 8 a. séries, todos os alunos que apresentavam baixo rendimento escolar e quiseram ser trabalhados, foram encaminhados para terem o suas matrizes lógicas do sistema mental potencializado.

Os resultados obtidos foram muito bons. Tivemos poucos casos com resultados modestos, quatro adolescentes que desistiram logo nas primeiras sessões de atendimento. Cada um dos outros, depois de trabalhados, tem uma história de sucesso para contar! Foi muito gratificante verificar as mudanças para melhor - prazer em estudar, vontade de aprender, facilidade de entendimento e raciocínio, concentração, senso de responsabilidade, pró-atividade, interesse, curiosidade, etc.

Como tudo começou

As matrizes de inteligência

Pressupostos básicos da Neuroeducação

Os limitadores matriciais

Os limitadores matriciais funcionais

Os limitadores matriciais de conteúdo

Modelo de intervenções


Nossos parceiros


uniitalo FACON AllPrint Editora Auge
siesp FAMA Blog Aprendizagem